O método Teen Coaching veio para preencher uma lacuna na fase da adolescência: A grande maioria chega na adolescência com um desenvolvimento normal e saudável, com dilemas, confusões e conflitos típicos da idade.

E por que isso é uma lacuna? Porque o padrão para a adolescência ainda é cuidar do adolescente que está com grandes problemas. É urgente e necessário um trabalho preventivo para garantir uma passagem pela adolescência sem fatores que possam comprometer significativamente a fase adulta.

J.-D. Nasio, psiquiatra e psicanalista francês, denominou esses dilemas de neurose saudável de crescimento, que causa angústia, tristeza ou revolta de forma moderada e são sinais precursores da futura maturidade.

É um equívoco relacionar 100% das angústias juvenis com distúrbios mais sérios, assim como é preciso um olhar apurado para perceber quando essa neurose moderada se torna intensa ou exacerbada, passível de tratamentos mais especializados.

O processo de teen coaching trabalha com essa parcela de jovens que passam pela neurose de crescimento de forma moderada (a esmagadora maioria), promovendo o desenvolvimento saudável ao ensinar o adolescente a se conhecer melhor e fazer melhores escolhas.

O método foi desenvolvido com base em diversas evidências e pesquisas: 

1) A adolescência é um momento de oportunidade, não de turbulência;

2) O desenvolvimento normal e saudável não acontece de forma igual para todos os adolescentes; e

3) Os jovens desenvolvem habilidades positivas por meio da aprendizagem e da experiência; 

1) A adolescência é um momento de oportunidade, não de turbulência

teen coaching

Pesquisas mostram que a adolescência – ao contrário das opiniões que predominam na nossa mídia e cultura – é realmente positiva para adolescentes e adultos.

A maioria dos adolescentes tem uma capacidade enorme de obter sucesso na escola, estar ligada a suas famílias e comunidades e emergir da adolescência. Apesar de os adolescentes experimentarem mais intensamente as emoções – muito em consequência do desenvolvimento cerebral –, é possível, para a maioria, não preencher com comportamentos perigosos e disfunções mentais. Em vez disso, são tempos de interação social, desenvolvimento emocional e cognitivo.

No entanto, a adolescência é a fase em que os jovens sentem-se desarmados para administrar as turbulências, visto que a natureza do sofrimento é inconsciente.

O que isso significa? O adolescente nem sempre sente nitidamente o sofrimento e, se o sente, não consegue verbalizá-lo. Essa ausência de consciência das suas emoções durante a adolescência explica por que ele, mesmo desesperado, não pensa em pedir ajuda.

Sem saber que pode obter ajuda e sem o apoio desse sistema vivo (pais, profissionais e sociedade), a solidão, o rancor e a desconfiança em relação aos adultos só tende a aumentar.

O novo para o movimento do adolescente impedirá que a neurose normal se torne intensa ou exacerbada. Essa forma de enxergar a adolescência favorece processos que visam capacitá-los a expressar pensamentos e emoções, por isso o teen coaching se torna poderoso.

2) O desenvolvimento normal e saudável não acontece de forma igual

desenvolvimento do adolescente

A adolescência inclui períodos de rápido crescimento físico e mudanças corporais significativas, por exemplo, seios em meninas e vozes mais graves em meninos. Entretanto, algumas mudanças não são visíveis, como fisiológicas, cognitivas e emocionais, e nem sempre elas acontecem em sincronia (ao mesmo tempo).

Fisicamente e sexualmente, os jovens, especialmente as meninas, podem amadurecer pelo meio da adolescência. No entanto, o processo de amadurecimento do cérebro pode não ser concluído até os 25 anos.

Adicionando ainda mais complexidade, esse padrão de desenvolvimento muda constantemente. No início da adolescência, um jovem pode não estar tão desenvolvido fisicamente e com um desenvolvimento emocional adiantado. Esse padrão pode reverter mais tarde, especialmente se as neuroses de crescimento não forem bem administradas.

Embora os adolescentes possam parecer fisicamente com adultos – e, às vezes, querer ser tratados como adultos –, ainda estão em um estágio formativo. Entender a desigualdade de desenvolvimento é crucial para que o profissional ofereça apoio ativo adequado com as ferramentas certas para a adolescência.

3) Os jovens desenvolvem habilidades positivas por meio da aprendizagem e da experiência

habilidades dos jovens

No teen coaching, o profissional trabalha na criação de oportunidades para desenvolver um conjunto de ativos principais, denominados os 5 Cs: Competência, Confiança, Conexão, Caráter e Cuidado.

Os adolescentes desenvolvem esses 5 ativos principais quando os experimentam em suas próprias vidas. Um jovem aprende que é bom em algo (competência) quando é dada a oportunidade de tentar praticar novas coisas. Da mesma forma, um jovem aprende a cuidar experimentando ser cuidado e desenvolve o caráter praticando o autocontrole.

O modelo de teen coaching foca na premissa de que uma juventude saudável (neurose de crescimento) não significa dizer que o jovem está totalmente preparado. 

O método SER, que trabalha com o desenvolvimento do adolescente saudável, requer a criação de oportunidades para que eles experimentem, aprendam e pratiquem os 5 Cs com maestria.

Se impactar adolescentes é a sua missão de vida e você quer aprender mais sobre os itens que abordamos acima, preparamos um Guia: A Adolescência Blindada.

Baixe gratuitamente e boa leitura!

Leia também:

Coaching para jovens – Como trabalhar a identidade

Por que a adolescência é uma fase tão difícil e tão importante?

A adolescência blindadaPowered by Rock Convert