Levar em consideração o que cada fase do desenvolvimento infantil representa para a criança é muito importante. A aprendizagem em cada período é diferente e para que os pequenos consigam se desenvolver com plenitude é preciso que você conheça as fases do desenvolvimento infantil. Por isso, a Parent Coaching desenvolveu esse artigo e explica todos os detalhes de cada etapa. Acompanhe!

Importância das 4 fases do desenvolvimento infantil

Identificar em que fase nossos filhos se encontram é fundamental para saber que tipo de transformação eles vão passar e, com isso, estimular de maneira correta cada habilidade e impedir que alguma exigência desnecessária possa comprometer o desenvolvimento da criança.

Uma das teorias mais aceitas sobre as fases do desenvolvimento infantil foi proposta pelo educador e psicólogo Jean Piaget. Ele identificou os processos de amadurecimento cognitivo a partir dos primeiros 18 anos de vida das pessoas. Assim, é possível saber quais áreas e atividades eles irão se desenvolver com determinada idade e, com isso, conseguir resultados

01: Primeira infância

Desde o dia de nascimento até completar 5 anos de idade as crianças estão na primeira infância. Este é o momento de criação de laços afetivos com seus familiares próximos. Nesta fase, a criança desenvolve suas primeiras habilidades que serão uteis no dia a dia, por exemplo, falar, andar e expressar seus sentimentos.

Existe também a fase gestacional, que é o período de nove meses que o bebê ainda está em formação. Mas, por não existir evolução psicossocial neste momento, ela não é considera como uma etapa do desenvolvimento infantil.

02: Fase pré-escolar

A segunda etapa é mais curta: dos 5 até os 6 anos. A fase pré-escolar é quando os pequenos começam a ter contato com outras pessoas que não são da sua família (adultos e crianças). As principais habilidades desenvolvidas nessa fase são as motoras: escrever, praticar esportes, desenhar, entre outras.

Um importante fato que acontece nessa etapa é o período edipiano. Nele, os meninos nutrem um maior apego com a figura materna e as meninas com a paterna. A relação familiar é fundamental, já que é o início do desenvolvimento sexual e isso vai refletir em relacionamentos futuros na vida adulta.

03: Período de latência

Dos 6 aos 10 anos a criança entra na segunda infância, ou então no período de latência (como é mais conhecido). Essa é uma etapa de grande conflito com pais, responsáveis, entre filhos e também na escola com amigos e educadores.

Nesta terceira fase do desenvolvimento infantil a criança começa a conviver com realizações e frustações e pode tomar atitudes muito negativas se contrariada. Um trabalho mais afetivo é recomendado para auxiliar em sua formação emocional.

04: Puberdade

A última fase de desenvolvimento infantil é a puberdade, que vai dos 10 aos 18 anos. Aqui também começa a adolescência onde os hormônios agem de maneira mais incisiva como forma de preparar o corpo para a vida adulta. O amadurecimento socioemocional é significativo e os hábitos de criança são deixados para trás de uma vez por todas.

Ter em mente todas essas fases e os detalhes de cada uma ajudam muito na interação com as crianças. Se está com algum problema a Parent Coaching também pode de ajudar! Conheça os nossos serviços.

aprenda tudo sobre ferramentas de parent coaching